David Bestué

Sobre

1980, vive e trabalha em Barcelona

David Bestué é um artista e escritor interessado na relação entre texto, escultura e arquitetura. Sua prática experimenta ideias extraídas da poesia, história da arte e arquitetura, testando até onde elas podem ser levadas literalmente e conceitualmente. Ao fazer pequenas alterações nos cenários público e doméstico, suas obras criam situações que questionam nossas convenções de comportamento, e buscam estabelecer vínculos temporários e frágeis entre as formas permanentes e a presença de elementos transitórios, tanto humanos quanto inanimados, no espaço.

 

As exposições individuais de seu trabalho incluem ROSI AMOR (Museu Reina Sofía, Madri, 2017) e Realisme (La Capella, Barcelona, ​​2015). Participou de exposições coletivas em Nova York (Biblioteca Pública de Nova York), Buenos Aires (Universidade Di Tella), Barcelona (MACBA), entre outras. Enric Miralles esquerda e direita (Tenov, 2010), Pure Formalism (Tenov, 2011), Historia de la Fuerza (Caniche, 2017) e Viaplana e Piñón ou a impossibilidade de uma arquitetura (Puente, 2018), são algumas de suas publicações. Fez residências em Gasworks (Londres, 2010), de_sitio (Cidade do México, 2013) e Kunsthalle São Paulo (São Paulo, 2016).

 

https://www.davidbestue.net/