Pivô lança plataforma digital

09/07/2020, 12:36

PIVOSATELITE_LANÇAMENTO_reduzido
Estreia: 24 de julho

ACESSE O PIVÔ SATÉLITE AQUI.

 

A plataforma digital Pivô Satélite é uma espécie de sala de projetos dentro do site do Pivô. Seu programa é concebido por artistas e curadores convidados pela instituição e compreende propostas artísticas em formatos variados, pensadas especialmente para os meios digitais. Nos próximos meses, a partir de 24 de julho, a plataforma apresentará trabalhos de 12 artistas selecionados por 3 jovens curadores brasileiros. Cada curador indicará quatro artistas para ocupar esta sala de projetos digital com propostas individuais, durante um mês.

 

A curadora independente, crítica e pesquisadora Diane Lima é a primeira convidada do projeto. Sua proposta, intitulada Os dias antes da quebra, é uma exposição que sugere um movimento de retorno para o que estava sendo previsto, especulado e denunciado antes da pandemia, por um grupo de artistas racializades e dissidentes com vasta experiência em adiar a iminência das suas próprias quebras. A primeira artista escolhida para ocupar o Pivô Satélite, no dia 24 de julho, é a baiana Rebeca Carapiá (BA) com o projeto “Para-raios para energias confusas”, instalação composta por esculturas, vídeo e arquivo PDF. Relacionando modelagem 3D, ferro e cobre, o trabalho simula em sua performance um guia de montagem como estratégia de emancipação coletiva e espiritualidade. Nos meses seguintes biarritzzz (PE), Diego Araúja (BA) e Raylander Martís dos Anjos (MG) ocuparão a plataforma digital.

 

O objetivo do Pivô Satélite é contribuir para a criação de uma rede de apoio à comunidade artística brasileira em um momento adverso. Para desenvolver o conteúdo a ser veiculado pelo Pivô Satélite, os 12 artistas contarão com a estrutura das equipes de produção e comunicação do Pivô, a interlocução dos curadores convidados e receberão uma bolsa de auxílio à produção. Os projetos terão caráter experimental, e poderão assumir vários formatos e durações, sem restrições quanto ao tipo de mídia ou tema, tendo sido solicitado apenas que não implicassem nenhuma forma de quebra às medidas de isolamento social vigentes.

 

Os colaboradores deste programa foram convidados segundo critérios que levam em conta a relevância e qualidade de suas pesquisas artísticas, além da diversidade de identidades presentes no Brasil – de gênero, étnico-racial, regionalidade, contexto social e cultural. Ao consolidar este programa, o Pivô espera reunir um grupo consistente e plural de novas vozes atuantes no cenário artístico brasileiro, em um momento premente de nossa história.

 

Para viabilizar o programa o Pivô reuniu, em colaboração com os mantenedores da instituição Georgiana Rothier, Bernardo Faria e Ticiana Terpins Strozenberg, um grupo especial de apoiadores aos quais agradecemos imensamente: Alan Terpins, Antônia Bergamin, Antônia de Sá Cavalcante Borges, Camila Yunes Guarita, Catherine Petitgas, Coleção Coletiva, Denise Terpins, Fabiana Sonder, Fabiano Al Makul, Felipe Dmab, Frances Reynolds, Heloisa Genish, Iris Kaufmann, Maria do Mar Guinle, Mariana Clayton, Monica Bouqvar, Paula Macedo Weiss e Daniel Weiss, Simone Coscarelli Parma e Alejandro Parma, Susana e Ricardo Steinbruch.