Cleo Döbberthin @Hello.Again

IMG_3673
Período

30/03 – 01/06/2019

O Pivô apresenta a exposição individual de Cleo Döbberthin dentro do programa Hello.Again – em que artistas em início de carreira desenvolvem um projeto inédito para o térreo da instituição, promovendo um diálogo contínuo entre a rua do edifício Copan e as exposições do Pivô.
Döbberthin trabalha com esculturas que replicam elementos da arquitetura e intervenções especificamente pensadas para os contextos onde são instaladas, indicando relações entre a padronização e as convenções da arquitetura e do mobiliário e questões como gosto, gênero e corpo.

Sobre o Artista

Cléo Döbberthin, 1991, vive e trabalha em São Paulo

É graduada em Artes Visuais pela FAAP (2015). A artista investiga a construção, ainda que temporária, de um terceiro espaço, onde são exploradas as delimitações por exemplo entre o real e o ficcional, entre o dentro e o fora, entre espaço publico e espaço privado. Seus trabalhos, desenvolvidos geralmente a partir do contexto específico de cada exposição, lidam também com deslocamentos inabituais do corpo, ao problematizarem os padrões dos elementos arquitetônicos cotidianos.

Participou das 45º e 46º Anuais de Artes (FAAP, São Paulo, 2013 e 2014), recebendo em ambas o Primeiro Prêmio. Participou das exposições coletivas; Sala (MAB-Centro, São Paulo, 2016), Visite Decorado, Corporação (Projeto IsCream, São Paulo, 2016) e Elza (exposição do grupo Agosto, São Paulo, 2016). Realizou sua primeira exposição individual Puxar portas de empurrar com ainterlocução de Ana Mazzei e Bruno Mendonça (Epicentro Jardins, São Paulo, 2017).

Em 2018, com Luiza Gottschalk e Daniela Machado, iniciou um projeto experimental e independente na Barra Funda. A primeira exposição do projeto foi Unidos da Barra Funda, que reuniu trabalhos de 22 artistas, em diferentes períodos de carreira. No mesmo ano foi realizado a primeira edição do Residência e diálogo entre artistas (PROAC ICMS) com a artista convidada Ana Mazzei.