Simon Fernandes

16/01/2019, 12:39

geladeira_vazia_simon
Quem tem ouvidos, nunca dorme - escuta #1

A geladeira vazia, é um cubo branco, ou uma caixa acústica.(?)

 

Uma geladeira vazia pode ressoar alto e preencher boa parte da paisagem sonora de um ambiente, seu ruído ocupa o espaço de forma sutil e quase silenciosa. É mais uma camada a ser desvelada da massa de informações provenientes da cidade. Gosto de ouví-las, e, vez por outra, de luzes apagadas, faço sessões solitárias de audição do eletrodoméstico. Dessas experiências surgiram notas sobre alguns métodos que encontrei para escutá-las, cada um dos deles apresenta formas diferentes de estabelecer contato com as obras sonoras da caixa branca.

 

1:

 

Escuta à distância, onde exploramos os ao redores da geladeira e deixamo-nos levar pela curiosidade da audição. A idéia é procurarmos pequenos territórios sonoros, variações de timbre, volumes e diferentes sons. Circular por seus lados, abaixar-se. Levamos o ouvido à parte de trás de modo a perceber as variações do eco e como o som propaga-se no ambiente.

 

2:

 

A escuta táctil é um passo à diante em nossa exploração, a proposta é usar o corpo como extensão do aparelho auditivo. De preferência com o dorso nu, encostamos o osso esterno em uma das quinas da geladeira, os braços abertos deitam-se ao longo de suas laterais, reclinamos as mãos abertas sobre a lataria, apoiamos a testa em algum ponto do objeto alinhado com o peito. De olhos fechados, deixamos a vibração extender-se da superfície da geladeira à pele.

 

3:

 

Como uma sala de concerto, a geladeira foi concebida para oferecer climatização e estrutura acústica. Pomos a cabeça no seu interior, encostamos a porta no pescoço a fim de evitar vazamentos sonoros, percorremos com os olhos a parte interna do objeto. O ar das altitudes é gélido.

 

 

https://soundcloud.com/quetemouvidosnuncadorme/geladeira-vazia-escuta-1