imannam | Ana Linnemann, Anna Maria Maiolino e Laura Lima

Serviço

08/04 – 02/06/2018
TER - SAB: 13h - 19h
Gratuita

Abrindo as atividades de seu Programa Anual de Exposições, o Pivô apresenta imannam, das artistas Ana Linnemann, Anna Maria Maiolino e Laura Lima, com a curadoria de Tania Rivera.

O projeto imannam foi construído a partir de uma articulação entre as três artistas para propor obras em profundo diálogo em torno da busca do outro e de operações de reversão do espaço e de objetos do mundo.

O título da mostra é um jogo de palavras entre os nomes das artistas, replicando a dinâmica de entrelaçamento entre seus trabalhos no ambiente. imannam surge da opção das artistas pela subversão da ideia da arquitetura como um local comum entre o eu e o outro, em busca de outras lógicas de relação através da proposição de situações que convidam a um acontecimento – um revés – no mundo.

Utilizando a arquitetura singular do Pivô como ponto de partida, as artistas apresentam propostas de experimentação nas diversas áreas do espaço com instalações, intervenções arquitetônicas, trabalhos sonoros e filmes concebidos ou adaptados especialmente para este projeto.

 

Ana Linnemann é doutora em Linguagens Visuais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. O foco central de seu trabalho é o universo tridimensional, produzindo esculturas e instalações. Já expôs em instituições como o Centro Cultural Maria Antônia; MAM Rio de Janeiro; Oslo Kunstforening; Museo del Barrio; o MALBA e Museu Imperial de Petrópolis. Vive e trabalha no Rio de Janeiro.

 

Anna Maria Maiolino é uma artista ítalo-brasileira que vive e trabalha em São Paulo. Suas práticas carregam consigo noções centrais de subjetividade, pertencimento e lugar. Em 1989, recebeu o Prêmio Mário Pedrosa por melhor exposição do ano. Em 2012,  foi contemplada com o 1º prêmio MASP Mercedes-Benz de Artes Visuais. Em 2017 teve sua obra apresentada numa retrospectiva no MOCA Los Angeles, além da participação na 13ª Documenta de Kassel, 14ª Bienal de Lyon e 24ª e 29ª Bienal de São Paulo.

 

Laura Lima é formada em Filosofia pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Suas obras exploram as fronteiras entre o cotidiano e o absurdo, através de metáforas de condicionamentos comportamentais. Participou de diversas exposições em instituições como Bienal de São Paulo; Bienal do Mercosul; Chapter Art Centre; Kunst Werke; Casa França Brasil, entre outras. Junto aos artistas Ernesto Neto e Márcio Botner, é sócia-fundadora da galeria A Gentil Carioca.

 

Tania Rivera é doutora em Psicologia pela Université Catholique de Louvain.  Ensaísta, psicanalista e professora do Departamento de Arte e da Pós-Graduação em Estudos Contemporâneos das Artes da UFF. Curou a exposição “Pulsar”, no MAM-Rio, em 2013 e “Lugares do Delírio” no Museu de Arte do Rio, em 2017.